segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Linha de Tinta D´Arte Cor/Cozinha da Pintura

A Cozinha da Pintura, através de uma parceria internacional, estará em breve anunciando os frutos de um projeto inovador. O Mestre em Restauração (Instituto Politécnico de Pomar, Portugal) Leonel Costa, idealizador da D´Arte Cor, fez uma proposta a Cozinha da Pintura para que prestassemos consultoria na escolha de amostragens de pigmentos de diversos fornecedores europeus (Alemanha, Itália, França, Inglaterra e Portugal) para a seleção de pigmentos que ofereçam qualidade extrema na fatura de uma linha de tinta a óleo 100% artesanal que será brevemente comercializada na europa.

Atualmente em fase de escolha de amostragens, em breve começaremos a fase de testes para a fatura de uma paleta inspirada nas cores usadas na era de ouro da pintura, pelos Velhos Mestres da pintura classicista européia. O objetivo é oferecer uma linha de tintas artesanais onde cada etapa do processo seja efetuado com atenção individual, criando um produto artístico muito parecido com aquele usado na antiguidade: tintas que enalteçam a personalidade de cada pigmento em particular, com permanência excepcional e propriedades reológicas semelhantes aquelas encontradas em tintas de primeiríssima linha.


Leonel, parceiro da Cozinha em Portugal, trabalhando em restauração

O cuidado com essa linha de cores é algo raro no mercado. Pontualmente, apresentamos os pontos que a D´Arte Cor e a Cozinha da Pintura consideram como os grandes diferenciais de nossa linha de Tinta a Óleo:

  • A carta de cores escolhida é inspirada numa paleta histórica, onde cada cor tenha provado sua utilidade através do tempo como um clássico absolutamente necessário.
  • Nenhuma cor de nossa linha é composta por mais de um pigmento. TODAS as cores são mono-pigmentárias, seguindo um padrão de excelência que NENHUMA tinta industrial segue.
  • Nenhum pigmento é de permanência baixa. Todos são de boa ou excelente permanência, ao contrário do que pratica o mercado de tintas.
  • Nenhum tipo de máquina ou processo industrial será empregado, cada lote de tinta é manufaturado artesanalmente com atenção particular a cada etapa do processo seguindo as receitas e os segredos de antigos ateliês europeus. 
  • Adições de cargas especiais clássicas que não são comumente encontrados em linhas industriais assim como a ausência de enchimentos que economizam carga pigmentária e dos conservantes que dão textura "amanteigada" padrão do mercado.
  • Oferecimento de DUAS linhas de tintas: Semi-profissional e Profissional
Outros de nossos "segredos de produção" permanecerão como segredos, pois são eles que farão de nossa linha um produto único que todos os artistas poderão conferir em breve.



Começaremos com uma pequena carta de cores e gradualmente anunciaremos lançamentos períodicos. Estamos abertos a sugestões de todos os pintores experientes: gostaríamos de entender suas opiniões. Cores que gostariam de ver incluidas em nosso catálogo, cores que julgam obsoletas e todo tipo de sugestões. Ninguem melhor do que o artista para servir de parâmetro a nós!

Aguardem as novidades sobre a linha de Tinta Óleo D´Arte Cor assinada pela Cozinha da Pintura!

Para saber mais:
http://webdartecor.blogspot.pt/p/tintas-de-oleo.html

10 comentários:

  1. Grande Marcio. Com certeza essa linha fará (ou será "re-fará") história. Parabéns e sucesso.

    ResponderExcluir
  2. Caro Jair, agradeço pelas palavras! Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  3. Que maravilha! Parabéns pela parceria! Sucesso!Abraços

    ResponderExcluir
  4. Cara Jane, muito obrigado! Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  5. Todas as cores são mono-pigmentárias...isso é lindo! Depois de acompanhar alguns anos o blog e exatamente este mês ter adquirido tintas profissionais, Mussini (Schmincke), 1862 (Lukas), Artists Oil Colour (Winsor & Newton) e Rembrandt (Talens) e foi uma pesquisa de dias para conseguir cores mono-pigmentárias de cada linha! Mas o que eu entendi é que os Parceiros - D'arteCor / Cozinha da Pintura vão elaborar uma tinta não profissional e sim premium! Só pra relembrar o post "Top 5 - Tintas Premium" a top 1, Michael Harding, praticamente 80% da linha é mono-pigmentária, com quase todo o restante sendo uma mistura de dois pigmentos e raramente três...
    Pra mim o que será muito gratificante é ver esse nascimento de perto; e Marcio nós temos que ter essa tinta chegando no Brasil! Hoje eu me permito blasfemar sem nenhum risco de ser incinerado:
    E que Caravaggio esteja convosco!
    Parabéns e um grande abraço!

    ResponderExcluir
  6. Caro Luciano, fico muito contente com sua mensagem. Fique tranquilo, é do interesse da D´arte Cor comercializar sua linha de tintas óleo no Brasil. Voce não as encontrará em lojas pois serão artesanais, mas eles enviarão via correio sem problemas. Ainda é cedo para entrarmos em detalhes sobre como a venda funcionará para os brasileiros, mas eu anunciarei por aqui em breve! Que Caravaggio esteja conosco (rsrsrsrsrs)! Grande abraço!!!

    ResponderExcluir
  7. Olá Márcio,

    Grandes e ótimas novidades! Ficarei aguardando notícias sobre essa maravilhosa linha de tintas. Aproveito para desejar um maravilhoso 2014!!! Sucesso sempre!!!
    Um abraço,

    Lilian

    ResponderExcluir
  8. Cara Lilian, um feliz 2014 para voce, com muita tinta! Grande abraço!

    ResponderExcluir
  9. Francamente Márcio, acho que não entendi este projeto! Se não estou enganado, os artistas antigos tinham grande dificuldade em obter as cores. Ao observar a Ronda Noturna, fica evidente a limitação enfrentada pelos artistas daquela época. Os trabalhos são quase monocromáticos porque a maioria dos bons pigmentos estão em uso a menos de 150 anos.
    Montar uma Paleta sem titânio, cadmio, orgânicos especiais,etc...vai ser um desastre! Se os artistas de hoje já são ruins, imagine com uma paleta limitada!!!

    ResponderExcluir
  10. Olá Anônimo! Entendo sua preocupação, alguns pontos que devem ser esclarecidos:

    Os colourman aparecem na Europa por volta de 1400, na Renascença já não era tão difícil a obtenção de cores. Sugiro que voce procure mais informações sobre a Ronda Noturna, sobretudo os artigos escritos pelo Rembrandt Research Project (RRP). Talvez voce tenha visto a obra baseada numa foto muito antiga, provavelmente da década de 50, o que é muito comum. Com as cores que Rembrandt possuia na época era possível atingir praticamente qualquer intensidade de cor. Alta intensidade cromática era alcançado não com cores diretamente do tubo, mas através de efeitos óticos como velaturas, Nessa base, é possível fazer qualquer coisa. Vide as obras de Van Eyck, pintadas numa época onde não haviam cromos e muito menos cádmios. Com absoluta certeza, não sou o único com a opinião de que as paletas antigas não tinham nada de limitado. Reveja novamente as obras de Rembrandt tendo certeza de que estão em boa resolução e de preferência com fotos tiradas depois da remoção do verniz... voce pode estar confundindo o estilo tenebrista e escuro com monocromático, mas não há nada de monocromático em suas obras. Também recomendo que observe as obras de Andrew Zorn. A grande maioria de suas pinturas são feitas com 4 (exatamente isso, QUATRO) cores. Nenhuma delas é de alta intensidade.

    O pigmento mais antigo da humanidade são as terras naturais, carregadas de óxido de ferro. São pigmentos de permanência inquestionáveis. Existem muitos pigmentos antigos de péssima permanência, mas um número muito maior de pigmentos muito permanentes. De 150 anos pra cá, as grande evoluções da industria mantiveram seus esforços em substituir esses pigmentos fugitivos, mas sempre houve boas opções em permanência e cor.

    Em nenhum momento anunciamos que não ofereceriamos as cores que mencionou (titâneo, cádmios, etc). Quando disse que nossa paleta seria "inspirada" na paleta dos Velhos Mestres, é no sentido de que cada artista procurava escolher pigmentos duráveis e úteis. Olhe no site da D´Arte Cor e verá que os pigmentos que deseja estão disponíveis em nossa linha semi-profissional!

    Agradeço suas observações e fico contente em esclarecer suas dúvidas!

    Grande abraço!

    ResponderExcluir

ATENÇÃO: Devido a grande número diário de mensagens, limitamos o número de publicação de perguntas e respostas: sua pergunta poderá não ser publicada. Contamos com sua compreensão, obrigado!